Em O DONO DA LUA, Nick vive uma emocionante aventura em busca de quem seria o proprietário do nosso satélite. Já de acordo com o Tratado da Lua, assinado pelos membros da ONU em 1967, nenhum país pode se apropriar dos corpos celestes. Logo, teoriacamente, a Lua é de todo mundo. Mas nem todos pensam assim, por isso não perca o lançamento do livro para saber o que espera o nosso pequeno herói.

lunar embassyNo entanto, o Tratado da Lua nada fala sobre a exploração comercial ou científica. E é justamente nessa brecha que entra Dennis Hope, norte-americano que em 1980 fundou a Lunar Embassy para vender terrenos na Lua e em outros planetas do Sistema Solar. “Resolvi transformar em negócio o fascínio que ela [a Lua] tem sobre as pessoas”, diz ele. Hope já abriu Embaxadas da Lua em várias países e diz que os compradores vão desde ex-presidentes norte-americanos como Jimmy Carter e Ronald Reagan até personalidade como Meg Ryan e Tom Cruise.

E para que comprar um terreno na Lua? “Quem compra pensa em adquirir um ativo para deixar para seus filhos e netos”, explica o empreendedor. Portanto, se você se interessou, vá até o site da Lunar Embassy e confira a lista de preços.

Fontes: Superinteressante e IstoÉ Dinheiro