Etiquetas

,


Nicholas está tendo aulas de matemática na escola. Como ele está no Pré, são os conceitos iniciais que está aprendendo. O dever de casa desse final de semana é o seguinte: identificar num desenho e pintar com cores diferentes qual a bola maior e qual a bola menor.

Então imaginem como foi divertido ler com ele João Maior Do Que Um Cavalo e Maria Menor Do Que Um Burro, escrito a seis mãos por Pedro Calloni, Ilse Rodrigues Garro e Antonio Calloni. O livro já instiga a partir do título e, ao longo da narrativa, mantém o interesse ao mesclar uma história bem construída com um primoroso jogo de palavras.

Além dos personagens principais, todos os demais carregam nomes que são puro deleite: Henrique Do Mesmo Tamanho Que Um Ganso, Ferdinando Muito Maior Do Que Uma Simples Formiga, Fabrício Do Mesmo Tamanho Do Que Uma Lombriga Média e assim por diante. Aos crescidos, o encantamento do texto engenhoso e bem cadenciado. Aos pequenos, o deslumbramento de, pelo nome, ir descobrindo o tamanho de cada personagem e relacionando-os entre si. Por exemplo, um Cachorro Muito Menor Do Que Uma Pulga é algo bem pequeno, não é, Nick?

João Maior Do Que Um Cavalo se apaixona por Maria Menor Do Que Um Burro e parte numa aventura em busca de um lindo presente para a sua amada. O estilo da narrativa nos faz lembrar as antigas histórias de cavalaria, e as ilustrações de Rosana Urbes ajudam a reproduzir esse clima. Em tons predominantemente terrosos, elas acompanham a fluidez do texto, que nem mesmo a construção dos longos nomes dos personagens é capaz de quebrar. E assim, brincando com os conceitos de grande e pequeno/maior e menor, Nick e eu fomos nos encantando com uma linda história de amor em que as diferenças servem para aproximar, e não afastar.

Anúncios